Queria que você soubesse

– Eu te amo muito.

– Eu também te amo muito.
Um beijo veio logo depois, mas não um simples beijo. Apaixonado, sincero, feliz, com sorrisos no meio, com a vontade que eles têm de se pertencerem, que durava mais a cada vez que os olhos se abriam e eles se enxergavam. Intenso, como tudo que envolve os dois.
O olhar dos dois se encontrava no meio de toda aquela paisagem e todas as coisas que aconteciam ao redor e poderiam tirar a atenção. Um repousava no outro, fixamente, não havia nada que o fizesse querer sair dali, que fizesse seus olhos desgrudarem dos dela.
Deitados na grama, debaixo de uma árvore, sem ver as horas passarem, sem se preocuparem com o tempo ou com qualquer outra coisa. Só uma coisa importava agora: eles estavam juntos, e não havia nada para atrapalhar.
Cafunés, sorrisos, risos, confissões, um abraço com a sensação de “você não vai sair daqui, e não vou deixar nada de ruim acontecer enquanto eu estiver por perto”, as pernas entrelaçadas, os suspiros, a respiração ficando difícil, o coração batendo forte. Eu perdido em você, sem a mínima vontade de querer me achar.
“Me leva daqui, foge comigo pra bem longe”, talvez fosse mesmo a minha vontade. Lembra que ficamos ali fazendo planos como se fôssemos mesmo casados? Imaginando nossa lua de mel, nossa casa, quantos filhos teríamos e como educá-los.
Desculpa ser direto sem saber se você está pronta pra saber. Sempre achei exagero ouvir as pessoas dizendo que não conseguem passar um dia longe de quem as faz bem. Talvez seja, mas é verdade que dói muito. Ainda mais pra mim, tão inseguro de tudo, involuntariamente procurando por brechas pra imaginar problemas que não existem, imaginando se você está bem e não precisa de mim a cada cinco minutos, sendo que no fundo eu sou o que mais precisa de ajuda.
Preciso de um abraço seu, dar um sorriso que só você sabe me tirar, do seu cheiro fazendo meu coração disparar, do seu toque fazendo cada parte do meu corpo ficar arrepiada. Preciso de uma dose diária de “eu te amo, meu amor”, mesmo não tendo dúvida nenhuma.
Anúncios

Um comentário sobre “Queria que você soubesse”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s