Auto-conhecimento

Ele pediu ajuda e ela disse:

– Você tem medo
E talvez aquilo fosse verdade, talvez ele tivesse medo mesmo. E tinha. Tinha medo de estragar tudo como sempre acha que sempre fez, medo de perder quem o faz bem e quem se deixar amar, medo de fazer tudo rápido demais, de planejar demais, de esperar demais, de ser demais. Medo de que tudo aconteça do jeito que ele teme, medo de que o presente imite o passado e se torne a pior parte dele.
– Mas você sempre sofre por antecedência, nem sabe o que vai acontecer!
E no fundo todo mundo sofre um pouco, todo mundo fica imaginando problemas onde não tem, e talvez comece a ter porque foram imaginados, talvez. Mas o fato é que ninguém que sofre por antecipação gosta de sofrer assim, aliás, não gosta de sofrer de jeito nenhum, ninguém.
Esse tipo de pessoa, que vive pensando, imaginando situações que nunca vão acontecer – ou vão –, que vive com essa agonia do lado esquerdo do peito. Esse tipo de pessoa talvez saiba tudo que deve ser feito pra não sofrer, e talvez até faça. O problema maior é a parte que não os deixa esquecer dessas pequenas inseguranças, desses passados tão presentes que os assombram, essa mania odiosa de achar que sempre vai dar errado sem nem saber o que, esse pensamento condicionado, que insiste em achar que nunca vai dar certo porque uma vez não deu.
Ele sempre se entregou de corpo e alma nos relacionamentos, talvez por isso seja assim, cauteloso? Cauteloso nem deve ser a palavra certo, medroso se encaixa melhor. Medroso, dramático, vítima, masoquista, quase um suicida que vai morrendo pouco a pouco, nas situações que ele próprio cria.
Vai lavar o rosto, dar dois tapas nessa cara, se olhar no espelho e espantar essas coisas ruins todas. Vocês são mais que isso, bem mais.
Não traia a si mesmo, não faça todas aquelas juras de amor caírem no esquecimento, não sangre até te baterem, não desista de você, nem dela, muito menos de vocês dois.
Agora vai, chacoalha essa cabeça, passa a mão no cabelo, levanta essa cabeça e engole essa lágrima. Vai embora, vai ser feliz, vai pensar menos, vai viver mais e aproveitar tudo isso. Vai pro céu e vê se esquece de vez o inferno, ele não é opção, ninguém faz ninguém feliz lá, e ninguém é feliz sozinho.
Anúncios

Um comentário sobre “Auto-conhecimento”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s