Díspar

[Você pode ler esse texto ouvindo Green Day – Last of the american girls]

Ela é diferente de tudo que já se teve notícia nessa vida, mas mesmo assim insiste no contrário e nega qualquer tentativa de elogio. “Você vai ver que não fujo nada do padrão como você pensa”, ela diz. Eu não aceito, dificilmente me engano. Já estive enganado sobre a primeira impressão que tive de ti e pra mim é suficiente.

Ela é independente num grau que até incomoda os mais zelosos. Desgarrada o suficiente pra passar dias sem dar um sinal de vida se quer e agir como se nada tivesse acontecido. E mesmo assim consegue ser atenciosa a ponto de se desculpar pela ausência dando motivos, ainda que o sumiço se repita cinco minutos depois. Conseguisse manter um tempo razoável de conversa, iria descobrir um pouco mais dos seus planos. Talvez não muito grandiosos num primeiro momento, alguns pensariam, mas depois de mais carinhosa análise seria mais um motivo para admirá-la.

Sem jogos com ela, meu caro. Tabuleiro, regras, carisma e perfume e ela pertencem. Quem ousar, que esteja plenamente ciente do que o espera e que mesmo assim tudo pode mudar. É um granada sem pino, prestes a explodir. Você nunca sabe o que esperar dali. Arme-se até os dentes, ensaie cada resposta em frente ao espelho, sinta-se pronto e mesmo assim, sem qualquer esforço, ela irá lhe render. É natural, inerente, não pense que faz de propósito.
Ela lhe dará motivos iguais pra se apaixonar ou odiá-la, caberá primeiro a ti escolher quais deles pesarão mais. Existem muitas outras mulheres pelo mundo afora, pra que insistir em uma? Talvez essa seja uma das muitas perguntas sem resposta. Por mais esforço que se faça pra responder, sempre deixará de citar um motivo ou outro.

Sua beleza é notável. Talvez seja a primeira coisa que muitos notem e talvez, também por isso, esteja farta de elogios genéricos. Veja… Um espécime desses sabe a beleza que carrega e não é necessário que a lembrem deste detalhe frequentemente.

Ela é encrenca pra quem achar que é só mais uma. Apenas um rosto bonito pra quem vê de longe. Doçura pra quem lida bem com sarcasmo. Desafio pra quem quiser. Inspiração pra quem vos escreve.

Que mais vinte anos passem e esse vigor perdure. Continue se descobrindo e descobrindo o mundo ao seu redor. Siga sendo o que quiser, com todos os seus ideais, princípios e valores. O mundo precisa de mais pessoas como você, todos precisam. Inclusive eu.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s