um ano e uns meses

[Você pode ouvir esse texto ouvindo Coldplay ft. Beyoncé – Hymn for the weekend]

mesa e cadeira de plástico na calçada. na falta de um litrão, vai a Original de 600 ml mesmo. dois copos gelados. sem brinde.

gole de de lá, gole de cá. a conversa que vai e nem parece que não nos víamos há quase dois anos, mas mesmo assim teve espaço pra perguntar como vai a família e encaixar um “lembro que você comentou sobre isso da última vez”.

a gente mudou tanto desde então, né? novas histórias ou velhas histórias com novos capítulos. e até novas histórias que se entrelaçam com as antigas. machucados recém-abertos mas também uns curados que deixaram novas cicatrizes.

mas têm coisas que não mudaram desde então. o teu sorriso que te faz fechar os olhos e sorrir com eles também. ou o seu jeito empolgado de falar sobre tudo, cantando as palavras e prolongando-as no final. eu nunca te disse, mas me divirto muito com isso.

a luz amarela do poste reflete no seu cabelo deixando as pontas mais loiras e outrora chama seus olhos cor de mel pra dançar. observo a cena enquanto bebo minha cerveja e isso me conforta de algum jeito.

você escorada na pilastra da estação. seu olhar fugindo o meu. o metrô chega, você me beija e diz que tem que ir. eu acho tremenda crueldade fazer aquilo e ir tão rápido.

fica mais. não vamos ser casal de metrô, mas é tudo que me resta nesse intervalo de dois minutos entre um trem e o outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s